Share

imprimir

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica

No Hospital de Sant’Ana encontra um corpo de Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica abrangente e altamente qualificado.

 

Nos últimos tempos, a área da saúde tem beneficiado e evoluído com o avanço tecnológico. Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, conscientes deste paradigma apostam também fortemente numa aprendizagem contínua, através da participação em programas de formação e investigação nas suas áreas profissionais, o que lhes permite responder à evolução tecnológica, assumir um papel importante em vários campos de atuação integrados em equipas multidisciplinares, e garantir a melhor qualidade e eficiência na prestação de cuidados de saúde.

 

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, área de Radiologia


Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, na área de Radiologia, desenvolvem a sua atividade profissional na realização e avaliação da qualidade de imagens médicas no âmbito das diversas áreas de intervenção Imagiológicas, nomeadamente: Densitometria Óssea, Radiologia Geral, Ecografias, Ressonância Magnética (RM) e Tomografia Computorizada (TAC).

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, área de Farmácia


No âmbito dos Serviços Farmacêuticos, os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, na área de Farmácia, intervêm em todas as fases da distribuição dos medicamentos, contribuindo para que estes sejam utilizados de uma forma correta e racional.

A sua atividade abrange assim tarefas relacionadas com a distribuição dos medicamentos pelos diferentes serviços hospitalares, o armazenamento de medicamentos, o controlo da sua validade, a aquisição e receção de produtos, e a gestão de stocks.

Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, área de Medicina Física e Reabilitação


Os Técnicos Supeiores de Diagnóstico e Terapêutica, na área de Medicina Física e Reabilitação, contribuem para a análise, avaliação, tratamento e reabilitação de problemas do movimento e da postura.

A sua intervenção processa-se numa perspetiva bio-psico-social, colaborando na recuperação, aumento e manutenção das capacidades físicas dos pacientes, bem como na prevenção das incapacidades, utilizando para o efeito técnicas específicas. Estas técnicas incluem meios educativos e terapêuticos específicos, baseados essencialmente no movimento, nas terapias manipulativas e em meios físicos e naturais.

Copyright © 2014 - Hospital de Sant’Ana | Desenvolvido por