Share

imprimir

Quer cuidar das costas do seu filho?



06 Set 2015

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) deixa alguns cuidados a ter no regresso às aulas. Caso pretenda evitar as dores na coluna dos mais pequenos. Prevenir ainda é o melhor remédio.

Nos últimos anos tem-se verificado um aumento de problemas musculoesqueléticos associados ao uso inadequado das mochilas, bem como a adoção de posturas incorretas na sala de aula, em casa ao utilizar o computador e a ver televisão, entre outros.

Estes vícios posturais, quando não são corrigidos de forma atempada, provocarão alterações, tais como a falta de concentração, cansaço rápido, falta de flexibilidade, dores nas costas e nas pernas, limitação de movimentos, problemas respiratórios e falta de coordenação.

A Unidade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Hospital de Sant'Ana defendem em programas de educação postural para crianças e adolescentes, o desenvolvimento de medidas de prevenção primária que possam reduzir a longo prazo a prevalência de dores nas costas, otimizando a forma como os jovens se envolvem nas suas atividades.

Para prevenir alterações posturais a American Phisical Therapy Association (APTA) e a American Occupational Therapy Association (AOTA), referem métodos mais adequados de transportar as mochilas, tais como:

• A mochila deve ser pesada regularmente, não devendo ultrapassar 10% do peso da criança.

• Utilizar sempre as duas alças da mochila, de forma a repartir o peso entre os ombros e a curvatura das costas. Deverá existir um cinto para apertar ao nível da cintura, de modo a evitar que a mochila oscile.

• A parte superior deverá estar ao nível dos ombros e a inferior ao nível da região lombar, pelo que o tamanho da mochila tem que estar adaptado a cada criança.

• Coloque os objetos mais pesados junto às costas e a mochila deve ter múltiplos compartimentos para repartir os vários materiais pelas bolsas menores;

• A criança sempre que possível deve pousar a mochila ou usar o cacifo para guardar as suas coisas.

Em relação à postura, tenha em atenção à forma como a criança se senta à mesa ou quando usa o computador e vê televisão. Uma boa postura pode fazer a diferença na sua saúde.

São deveres e direitos de todos nós e de todas as organizações a que pertencemos facilitar e promover a adoção de atitudes e comportamentos saudáveis, assim como participar ativamente na criação de um ambiente físico e social que proporcione um maior bem-estar.

Não deve esquecer de criar rotinas de vida saudáveis no seu dia-a-dia:

• Faça uma hora de atividade fisica ou desportiva por dia;
• Não use jogos eletrónicos mais do que duas horas;
• Mude de posição com frequência, corrigindo e adequando a uma postura aconselhada;
• Faça uma pausa (depois de uma hora sentado) e movimente as várias partes do corpo;

Durante estas pausas é de extrema importância a realização de exercícios de relaxamento e de alongamento, de forma a melhorar a circulação sanguínea, prevenir lesões e dores esqueléticas, reduzir as tensões musculares, a ansiedade, o stress e a fadiga e ainda melhorar a atenção e a postura.

Copyright © 2014 - Hospital de Sant’Ana | Desenvolvido por