Share

imprimir

Simulacro de incêndio mobiliza HOSA



08 Mar 2016

​​Enquadrado na semana da Proteção Civil 2016 da Câmara Municipal de Cascais, o exercício testou os procedimentos internos do hospital.

Realizou-se no Hospital de Sant’Ana (HOSA), na Parede, no passado dia 3 de março, um simulacro, inserido nas atividades da V Semana da Proteção Civil de Cascais. O exercício visa testar a operacionalidade dos agentes de proteção civil em ambiente hospitalar, bem como as medidas de autoproteção desta unidade hospitalar da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

A simulação de um incêndio no HOSA parece um cenário de um filme de Hollywood. O alarme disparou. O fumo tornava-se cada vez mais denso. Vinha da farmácia do hospital. Tratava-se de um incêndio. Assim se iniciou o simulacro, que teve como objetivo avaliar a eficácia dos mecanismos de segurança.

O simulacro foi promovido pela SCML, com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, e as operações envolveram várias entidades, entre Proteção Civil, Bombeiros, Polícia de Segurança Pública, entre outras. No total, a operação envolveu cerca de 60 elementos.

Lídio Lopes, subdiretor do Departamento de Qualidade e Inovação, referiu que esta iniciativa vem sublinhar a enorme importância da segurança para esta administração, aqui na vertente da prevenção, através da criação de mecanismos de defesa das pessoas, colaboradores e utentes, do património edificado e da continuidade da atividade que, neste caso, sendo uma unidade de saúde, é fundamental estar disponível em todas as suas valências, após um qualquer acidente grave ou uma catástrofe.

Este simulacro pretende que se interiorizem procedimentos e rotinas, internos e externos, que conduzam a bons comportamentos, em situação de emergência

Copyright © 2014 - Hospital de Sant’Ana | Desenvolvido por