Share

imprimir

Santa Casa tem novo Acordo de Empresa



10 Fev 2017

A instituição chegou a acordo com todos os sindicatos e assinou, esta sexta-feira, 10 de fevereiro, o Acordo de Empresa, que possibilita a simplificação de carreiras e beneficia cerca de 4 mil trabalhadores.

 

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), através do Provedor Pedro Santana Lopes, assinou, esta sexta-feira (10), o Acordo de Empresa da instituição com 15 sindicatos afetos às plataformas da CGTP e UGT.

Este acordo vai permitir a harmonização e simplificação das carreiras profissionais. Com o novo documento, agrupando os trabalhadores em função das habilitações literárias, em vez de 8 carreiras de 2008/ 2009, ou das 6 carreiras de 2013, passam a existir 3 carreiras gerais: auxiliar, técnico profissional e técnico superior. Esta medida abrange cerca de 4 mil trabalhadores, com Contrato Individual de Trabalho. Exemplo disso são os técnicos de diagnóstico e terapêutica, que foram integrados na carreira de técnicos superiores; uma aspiração antiga destes profissionais, a que a Santa Casa corresponde de forma pioneira. Além disso, esta simplificação de carreiras permite valorizar os recursos humanos e implicou um aumento da massa salarial em cerca de um milhão de euros, já orçamentado em 2017.

Na sua intervenção, Pedro Santana Lopes sublinhou tratar-se de um “dia muito especial para a Santa Casa” e acrescentou que as assinaturas feitas nesta cerimónia espelham “o respeito que a instituição tem pelos seus trabalhadores”.

Refira-se que o Acordo de Empresa assinado hoje resulta de uma deliberação da Mesa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa de 2015, que pretendia iniciar um processo negocial para a revisão de Acordos de Empresa e das carreiras profissionais, para harmonizar e valorizar os recursos humanos da instituição.

Além de Pedro Santana Lopes, a cerimónia contou com as presenças do Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, do vice-provedor, Edmundo Martinho, do administrador dos Recursos Humanos, Ricardo Alves Gomes, da administradora da Saúde, Helena Lopes da Costa, do administrador da Ação Social, Sérgio Cintra, e dos representantes dos 15 sindicatos.

Copyright © 2014 - Hospital de Sant’Ana | Desenvolvido por